E agora?

Ontem as manifestacoes que aconteceram por todo Portugal mostraram que os Portugueses (como os políticos gostam de nos chamar, como se eles nao o fossem também) nao estao contentes com o estado da nacao. Alegro-me de saber que nao houve violencia, mas eu pergunto: E agora?

Alguma coisa vai mudar?

Os políticos terao os tomates necessários para fazer alteracoes de fundo ‘as legislacoes e constituicao do país?

Os políticos terao coragem para parar de pensar nas próximas eleicoes e perceberem que há coisas que os poderam fazer perder as eleicoes mas que sao para o bem da nacao?

Os que fogem ao fisco vao ter uma crise de consciencia e comecar a declara tudo certinho e a economia paralela vai acabar?

Os empregadores sem escrúpulos vao ganhá-los e passar para contrato os milhares de profissionais que teem a recibo verde há muitos anos?

Os funcionários públicos (esta vai particularmente para as muitas reparticoes, consuladoes e afins) vao comecar a fazer o seu trabalho como deve ser, a chegar a horas e a ser competentes e verdadeiramente profissionais?

Os “Portugueses” vao comecar a ir ‘as urnas e a mostrar o seu descontentamento nao por abstencao (que para mim significa simplesmente que nao importa quem manda e toma as decisoes) mas sim por votos em branco ou nulos?

Fico ‘a espera, pode ser que as respostas aparecam enquanto eu for viva.

– – – – – – – –

 

Yesterday in Portugal there were demonstrations all over against the government and their policies for the crisis. I am glad that these demonstrations were peacefull, but I ask: Now what?

Were these demonstrations the ignition of some changes or, as usual, will the government ignore the fact that probably more than half of the working population of the country has come down to the streets to show their discontent?

Will the people’s attitude towards work and tax evasion change?

I’ll wait and hope that I’ll get some answers before I die.

Advertisements

4 thoughts on “E agora?

  1. PErhaps another peaceful revolution is required. I can’t believe the PM’s latest announcement. Does he really believe taxing people out of existence will improve the econmy? I am not an economist but even I realise you have to stimulate growth by creating jobs so people have money to spend. More businesses will close and more people will lose their jobs. A very sad time for Portugal.

    • Unfortunately, two big portuguese defects are:
      – can’t see long term effects. We always want immediate results / profits
      – “we can make any changes, as long as they don’t affect me”. Unfortunately this is what our politicians are doing. Messing around with the system but not changing their salaries or benefits.

      I think you are quite brave for changing the UK for Portugal to work! I love it there but can’t imagine working there.

  2. Portugal saíu à rua para mostrar o seu descontentamento… mas será que os politicos deste país entenderam a mensagem??? Ainda não vi nada nesta legislação que tivesse em conta a despesa do estado à excepção dos cortes dos funcionáriuos públicos!! Com a continuação dos cortes nos vencimentos, o aumento de “taxas” , que não são mais do que impostos, qualquer dia ninguém tem dinheiro para comprar seja o que for e assim a frágil economia que temos ainda se vai afundar mais!!! Entretanto vão vendendo empresas do estado e outras coisas, encerram-se serviços, escolas e hospitais, os jovens e menos jovens partem para outras paragens… melhor seria fechar o país!!! Esperemos que a coligação se entenda ou teremos aqui outra Grécia!! Esperemos que não….

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: